Cursos, palestras e seminários

Violão terá simpósio temático no congresso da ANPPOM em Pelotas. Inscrições abertas

(Crédito: Elisa Gaivota)

Por Rosualdo Rodrigues

O violão ganhará foco especial na programação do principal evento acadêmico brasileiro da área de música, o Congresso da ANPPOM (Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música). A 29ª edição do evento, que vai ocorrer entre 26 a 30 de agosto, em Pelotas, no Rio Grande do Sul, inclui o simpósio temático Panorama da Pesquisa sobre Violão no Brasil, aberto a pesquisas de qualquer área da música relacionadas ao instrumento.

As inscrições estão abertas até 1º de abril para pesquisadores, professores, alunos e profissionais de música. Cada pessoa pode submeter até, no máximo, três propostas, que serão avaliadas pela comissão do congresso com a assessoria da equipe de pareceristas da área musical. Serão aceitas tanto pesquisas concluídas quanto em andamento.

Os trabalhos aprovados (de 6 a 8 páginas, com mais 2 de imagens, caso necessário), serão integralmente publicados nos anais do evento. Além disso, seus autores ficarão aptos para realizar comunicações orais durante o evento.

(Humberto Amorim)

“É muito importante que a comunidade violonística responda e tenhamos um número mínimo de submissões que justifiquem a existência de um simpósio temático. Isso, acreditamos, ratificaria a posição do violão, no Brasil, dentro do cenário científico da área musical", observa o violonista e professor da Univeridade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Humberto Amorim, que coordena o Panorama da Pesquisa sobre Violão no Brasil junto com os professores Fernando Elias Llanos e Flavia Prando.

Para Amorim, além da representatividade de pautar o violão como um objeto de estudo específico no maior evento científico da área musical no Brasil, o simpósio oferece praticidade aos participantes. “Antes, era necessário transitar entre diferentes salas para poder acompanhar os trabalhos. Agora, eles serão apresentados em uma única sala, em sessões seguidas. Com isso, esperamos que o simpósio potencialize a troca de experiências entre violonistas e pesquisadores de diversas regiões do país”.

(Fernando Llanos)

Na visão de Fernando llanos, o simpósio também é uma aposta para que se construa uma maior interdisciplinaridade entre pesquisadores de violão nas mais diversas áreas dentro da Música. “O simpósio tem tudo para acontecer e ser permanente. Contudo, isso só será possível com a participação do coletivo de pesquisadores”.

No texto que escreveram para divulgar o simpósio temático, Humberto, Fernando e Flavia frisam que as linhas de pesquisa sobre violão são bastante amplas e demonstram a potência do tema. Há desde estudos voltados a possibilidades performáticas e de interpretação do violão, assim como pesquisas sobre técnicas de transcrição ou arranjo e análise de peças. Os campos incluem também pesquisas que divulgam violonistas e trabalhos pouco ou nada conhecidos, além dos eixos pedagógicos na formação de instrumentistas e professores de música. Há ainda os trabalhos que discutem as complexas definições derivadas das categorias “violão de  concerto”, “violão  popular” e “violão folclórico”. Enfim, uma lista quase infindável de subtemas.

(Flávia Prando)

Além do Panorama da Pesquisa sobre Violão no Brasil, o 29º Congresso da ANPPOM terá outros 10 simpósios sobre temas que também podem interessar estudiosos e profissionais do violão. A exemplo de Acervos Musicais Brasileiros, Processos Criativos em Música Popular, A Improvisação Musical em Seus Múltiplos Aspectos e Composição e Performance: o Fazer Musical Conjunto.

O congresso contará ainda com conferências, mesas-redondas, sessões de comunicações orais e pôsteres, sessões de comunicação-recital e comunicação-difusão, além de grupos de trabalho. Todas as informações sobre programação e inscrições podem ser obtidas no site da ANPPOM.

Site da ANPPOM

VOLTAR
NIG

Tags