Shows

Violonista italiano Aniello Desiderio se apresenta em São Paulo nesta terça-feira (05)

“Enfant prodige”, “Wunderkind”, “gênio”, “Orfeu do violão”e “il Fenomeno” são alguns dos adjetivos com que a crítica especializada começou a saudar a carreira de Aniello Desiderio desde a primeira aparição pública, os oito anos de idade. Vencedor de prestigiosos concursos internacionais e presença frequente em salas internacionais como o Carnegie Hall, a Philharmonie de Berlim e a Ópera de Viena, Desiderio é a atração de setembro da Série de Violão 2017, da Cultura Artística, apresentando um repertório latino no recital desta terça-feira (05/09), às 21h, no Auditório do Museu Brasileiro de Escultura (MuBE) (Rua Alemanha, 221 - Jardim Europa, São Paulo/SP).

No Brasil, seu repertório é essencialmente latino. Desiderio abre o concerto com uma Suíte Espanhola, formada por peças breves de diversos compositores da Península Ibérica (Albéniz, Ruiz Popó, Emilio Pujol e Dionisio Aguado), seguida da Fantasia op. 19, de seu compatriota Legnani, e de Invocación y Danza, do valenciano Rodrigo, autor do célebre Concierto de Aranjuez. A apresentação termina com Rito de los Orishas, do cubano Leo Brouwer.

Em 1992, o violonista italiano formou-se, com honra, no Conservatório de Música de Alessandria (Itália). Os prêmios em concursos de seu instrumento foram nada menos que 18, destacando 1o  Prêmio e Prêmio Especial de melhor interpretação de música sul-americana no Concurso Internacional de

Violão de Havana, Cuba (1988); Prêmio “Napolitano do Ano”, Itália (1988); 1o  Prêmio e Prêmio Especial de melhor interpretação da música de Tarrega no Concurso Internacional Francisco Tarrega, em Benicasim, Espanha (1992); e 1o Prêmio no Concurso Internacional “Guerrero”, Madri, Espanha (1995).

Essas vitórias garantiram-lhe sólida carreira internacional, apresentando-se, como solista e também acompanhando orquestras nos Estados Unidos, países da América do Sul, Europa, Ásia e África, em alguns dos mais importantes teatros do mundo, como: Philharmonie de Munique, Alte Oper, Tonhalle, Teatro delle Palme, Radio France, Die Gloke e Philharmonie de Istambul.

Desiderio tocou com os Virtuosi de Moscou de Vladimir Spivakov, RSO Berliner, Deutsche Kammerphilarmonie, Alessandro Scarlatti, I Pomeriggi Musicali, Bach Collegium, Wiener Kammerorchester, e em alguns dos festivais mais prestigiosos do mundo, como: Rhengau MusikFest, Bremen Musikfest, Ludwigsburger Schlosfestspiele, Mosel Musikfest. 

Sem esquecer as raízes, com seus irmãos, Gennaro e Gaetano Desiderio, e outros músicos napolitanos famosos, criou o grupo Passione Napoletana, tocando a música altamente emocional de sua cidade natal, Nápoles. Criou ainda o “Quartetto Furioso”, com Gennaro Desiderio (violino), Gaetano Desiderio (piano) e Salvatore Minale (bateria e percussão), tocando um programa com as Quatro Estações de Vivaldi e as Quatro Estações de Piazzolla – CD lançado pelo selo alemão Termidor. Ele grava para a Frame, Waku Music, Koch-Universal e, desde 2006, para seu próprio selo, Adoro Records.

Aniello Desiderio é professor da Universidade de Música de Potenza (Itália) e, a partir de 2010, passou a dar masterclasses na Academia Internacional de Verão do Mozarteum (Salzburgo).

 

PROGRAMA

ISAAC ALBÉNIZ (1860-1909)/ANTONIO RUIZ PIPÓ (1934-1997)/EMILIO PUJOL (1886-1980)/DIONISIO AGUADO (1784-1849)

Suíte Espanhola (Asturias, Sevilla, Capricho Catalan, op. 165, Canción y Danza n. 1, Guajira e Fandango)

LUIGI LEGNANI (1790-1877) - Fantasia op. 19

JOAQUÍN RODRIGO (1901-1999) - Invocación y Danza

LEO BROUWER (1937) - Rito de los Orishas

 

SERVIÇO

Data: 5 de setembro (terça-feira), às 21h

Local: Auditório do Museu Brasileiro de Escultura (MuBE) (Rua Alemanha, 221 - Jardim Europa, São Paulo/SP)

Classificação indicativa: Livre

Mais informações: (11) 3256-0223

Estacionamento: R$ 25 – entrada pela Rua Alemanha, 221

Valores: R$ 70 (inteira), R$ 35 (meia-entrada)

Ingresso Rápido – www.ingressorapido.com.br e 4003-1212

Bilheteria MuBE (sem cobrança de taxa de conveniência):

Segunda e terça: não abre

Quarta, quinta e sexta: das 15h30 às 18h

Sábado: das 15h às 18h

Domingo: das 14h às 18h

VOLTAR

Tags